FAQ – Perguntas Frequentes sobre a Terapia Floral

Os Florais de Bach foram criados no início do século XX pelo médico, bacteriologista e imunologista Dr. Edward Bach na Inglaterra.

A terapia floral é considerada uma terapia alternativa/complementar, vibracional ou bioenergética, e tem como função tratar as causas e não os sintomas das doenças.​

– A TERAPIA VIA E-MAIL É MENOS EFICAZ DO QUE UMA TERAPIA PRESENCIAL?

Não. O atendimento através de correspondências foi uma prática muito comum para o Dr. Edward Bach, criador dos Florais de Bach, nos anos 30. Dessa forma, era possível atender pessoas que estavam distantes e não tinham como fazer uma consulta presencial. Todos os meus atendimentos são realizados via e-mail, e essa é uma ótima opção para as pessoas que não podem ou não querem realizar um atendimento presencial. Pessoas de todo o mundo podem se consultar comigo, em qualquer horário e local.

As principais vantagens dessa modalidade de atendimento são:

  • Tem o melhor custo-benefício;
  • Ter o seu atendimento em qualquer horário e lugar, não necessitando se deslocar até o consultório;
  • Muitas pessoas conseguem expor com mais facilidade seus problemas e organizar melhor suas ideias quando escrevem. No consultório, ás vezes o consulente esquece de relatar alguma coisa importante e via e-mail isso tende a não acontecer;
  • Você preenche o questionário no seu tempo, sem pressa;
  • Possibilidade de reler minhas respostas sempre que quiser.

– QUANDO DEVO COMEÇAR UM TRATAMENTO COM FLORAIS?

Qualquer pessoa, em qualquer momento, pode fazer Terapia Floral. Pode ser utilizada de forma preventiva ou quando a doença já se instalou, basta que reconheça em si comportamentos ou características que lhe causam algum transtorno, e esteja disposta a mudar a situação com a ajuda das essências florais.

– FAÇO TRATAMENTO MÉDICO E TOMO MEDICAMENTO. POSSO USAR FLORAIS?

Sim, pode. A ingestão de florais não interfere em tratamentos médicos tradicionais pois não interagem com nenhuma medicação, seja alopática, fitoterápica ou homeopática. As essências florais são de caráter vibracional e não possuem princípio ativo, portanto, não há interação de substâncias químicas.

– OS FLORAIS PODEM SUBSTITUIR O TRATAMENTO MÉDICO?

Não, a Terapia Floral trabalha complementando o tratamento médico tradicional. A medicina convencional entende a doença como algo externo ou anomalias, já a Terapia Floral se baseia em que as doenças se estabelecem no corpo físico através de desequilíbrios mentais e emocionais. As essências não substituem tratamentos médicos e não devem ser interrompidos sem autorização médica, apenas deve complementar o tratamento convencional.

– QUAIS TIPOS DE DOENÇAS EU POSSO TRATAR COM FLORAIS?

A Terapia Floral não cura doenças, ela trata os desequilíbrios mentais e emocionais que podem levar a desenvolver alguma disfunção no corpo. Segundo a antiga medicina grega e a medicina tradicional chinesa, os órgãos internos são considerados sedes das emoções e seriam influenciados por elas.  As emoções representam a resposta do nosso corpo para os nossos sentimentos, e elas são capazes de desempenhar um papel importante na saúde dos órgãos ou na ocorrência de certas doenças vinculadas a estes. Por exemplo, o problemas pulmonares estão intimamente ligados ao sentimento de dor, luto e depressão, e esses sentimentos podem ser tratados com o uso das essências florais. Havendo a recuperação destes desequilíbrios, existe uma grande possibilidade da recuperação física de algumas doenças.

Situações de estresse, ansiedade, medo, síndrome do pânico, solidão, insegurança, ciúmes, depressão, insônia, pesadelo, desespero, crises e uma série de conflitos internos ou externos também podem ser tratadas com a Terapia Floral.

– ELES CAUSAM ALGUMA DEPENDÊNCIA OU EFEITO COLATERAL?

Não causam nenhum tipo de dependência. Em alguns casos pode ocorrer a “crise de consciência”, que são emoções adormecidas que podem despertar, podendo durar de 2 a 4 dias.

– HÁ ALGUM TIPO DE ACONSELHAMENTO DURANTE A TERAPIA FLORAL?

Não, o objetivo da minha Terapia Floral é sintonizar o indivíduo com a sua essência. Cada indivíduo é único na sua singularidade e na sua percepção de realidade, e qualquer aconselhamento externo virá de algo que não é da sua natureza, se tornando inválido para esse tipo de tratamento. Após o tratamento com Terapia Floral, você conseguirá escutar a si mesmo.

– É COMPROVADO CIENTIFICAMENTE?

Sim. Os Florais de Bach surgiram nos anos 30 e há milhares de estudos acadêmicos sobre o tema. Apesar da ciência não ter aparelhos que possam medir as essências vibracionais, a física quântica está comprovando os seus efeitos. Milhões de pessoas em todo mundo estão sendo ajudadas com auxílio das flores, além dos excelentes resultados obtidos com animais selvagens e domésticos.

– ANIMAIS PODEM TOMAR FLORAIS?

Sim,  qualquer animal, seja de estimação ou silvestre, de pequeno ou grande porte. Os animais também tem emoções, portanto também podem se beneficiar do uso de florais. As essências podem ser um potente aliado para ajudar a controlar animais agitados, assustados, medrosos, carentes, depressivos, ciumentos, etc.

– QUANTO TEMPO DEMORA PARA SENTIR OS EFEITOS DO TRATAMENTO?

O tempo é muito variável, dependendo de cada indivíduo e problema a ser tratado. Se forem temas arraigadas e que fazem parte da história e formação da pessoa, o tratamento tende a ser mais longo.

– O QUE ACONTECE SE EU TOMAR UM FLORAL ERRADO?

Nada, será o mesmo que tomar água. Para haver a ação dos florais tem que ter um estado em desequilíbrio, do contrário não há campo de atuação para os florais e nada acontece.

– COMO DEVO USAR?

Há infinitas formas de usar as essências. Pode ser utilizado de forma sublingual, diluído em líquido (água, chás), vaporizado no ambiente, em cremes para uso tópico, etc. O método mais indicado pra você será indicado pela terapeuta.

Agende agora mesmo a sua consulta de Terapia Floral!

DANIELE HOFFMANN é terapeuta holística com foco em Florais e Tarot. Possui conhecimentos nas áreas de astrologia, numerologia, psicologia, estética, aromaterapia e cromoterapia. Também trabalha como artesã e é co-fundadora da loja Corpse.

Veja também